Saúde

Mitos e verdades sobre a drenagem linfática

09/10/2018

1
Foto: Shutterstock
 
A drenagem linfática é uma técnica que existe desde 1930, desenvolvida pelo casal de doutores dinamarqueses Emil e Estrid Vodder para o tratamento de sinusite crônica e de outros distúrbios imunológicos.
 
Mesmo caminhando para 90 anos de existência, a drenagem linfática ainda é permeada por uma série de mitos e verdades, que confundem tanto os incautos quanto até mesmo as pessoas que já recorrem a ela para melhorar sua saúde.
 
Pois bem, chegou a hora de desmistificar o assunto! Vamos conferir os maiores mitos e verdades sobre a drenagem linfática e, assim, entender mais a fundo como ela funciona e pode nos ajudar.
 
Drenagem linfática: o que é mito e o que é verdade?
 
Depois das próximas curiosidades e explicações, será possível eliminar uma série de dúvidas e incertezas sobre o assunto!
 
1 - Drenagem linfática ajuda a perder gordura: mito
 
Esse é um dos maiores mitos que existem sobre o assunto. Na verdade, as drenagens linfáticas não ajudam a perder gordura, já que elas são responsáveis por estimular o funcionamento do sistema linfático, que não possui relação com o tecido adiposo.
 
Indiretamente, a drenagem pode ajudar a perder peso, já que os líquidos retidos poderão ser eliminados, o que, por consequência, pode te fazer perder algumas gramas ou até mesmo quilos na balança. Porém, isso não terá ocorrido pela redução de gordura, mas sim de líquidos.
 
2 - Ajuda no pós-operatório de cirurgias plásticas: verdade
 
Uma das principais recomendações da drenagem linfática é depois da realização de cirurgias plásticas, como abdominoplastias, lipoaspirações e próteses de mama, e ela realmente desempenha um papel muito importante no pós-operatório.
 
Isso já foi objeto de vários estudos. Um deles, feito por 6 médicos brasileiros e divulgado em 2014 no Indian Journal of Plastic Surgery, mostrou que a associação da drenagem linfática manual com ultrassom terapêutico reduziu significativamente dores, inchaços e fibroses nos pacientes.
 
Além de ajudar na recuperação, o próprio resultado das cirurgias plásticas pode ser potencializado com as drenagens linfáticas.
 
3 - Drenagem linfática ajuda a espalhar o câncer pelo corpo: mito
 
Esse é um grande mito. Ainda que portadores de linfoma (câncer no sistema linfático) não recebam drenagens linfáticas a menos que sejam autorizados por seus médicos, vários testes já foram feitos e comprovaram que elas não são capazes de espalhar cânceres.
 
Na verdade, as drenagens podem ser benéficas para portadores de câncer por estimular o sistema nervoso parassimpático e, assim, resultar na desaceleração dos batimentos cardíacos e na redução da pressão arterial, da adrenalina e do açúcar no sangue.
 
Ainda assim, é importante que os portadores de câncer conversem com seus médicos sobre a possibilidade de fazer drenagens linfáticas para que eles também estejam de acordo.
 
4 - Pode haver contraindicações para a drenagem linfática: verdade
 
Ainda que seja um procedimento benéfico na grande maioria dos casos, certas pessoas não devem se submeter a essa técnica, o que poderia agravar alguns de seus quadros de saúde.
 
Pessoas com tuberculose, inflamações, insuficiência renal e trombose venosa profunda não devem se submeter a ela. Já pacientes de hipertireoidismo, hipotensão arterial, insuficiência cardíaca e estados febris se enquadram nas contraindicações relativas, ou seja, precisam de aprovação médica para realizá-la.
 
5 - Drenagem linfática aumenta a vontade de urinar: depende
 
O objetivo da drenagem é fazer com que a linfa vá para os linfonodos e, depois, seja encaminhada aos rins. Isso pode fazer com que a vontade de urinar aumente nas 24 horas seguintes devido à maior concentração de líquidos nos rins.
 
Porém, essa não é uma regra. Pode ser que você passe por uma sessão de drenagem linfática e não sinta mais vontade de urinar do que o normal. Isso também não quer dizer que a drenagem foi feita incorretamente, já que o aumento da função urinária depende da reação de cada organismo.
 
6 - Grávidas não podem fazer drenagem linfática: mito
 
É comum ouvir dizer que as gestantes não podem passar por drenagens linfáticas, mas esse é um mito. Na verdade, essa é uma técnica que pode fazer muito bem a elas.
 
A gravidez costuma aumentar o fluxo sanguíneo, assim como a pressão exercida sobre os membros inferiores, que precisam suportar o ganho de peso. A drenagem ajuda a aliviar dores nas pernas e pés, reduzir a aparição da celulite, evitar varizes e até melhorar a qualidade do sono.
 
7 - Ajuda no tratamento do câncer: verdade
 
Estudos científicos comprovam que há uma série de efeitos positivos da drenagem linfática em pessoas que passam por tratamentos de câncer, seja através de cirurgias ou quimioterapias.
 
Alguns desses benefícios são a redução de náuseas, fadiga, depressão, dor e ansiedade. Além disso, as pessoas tendem a se sentir mais relaxadas e alertas mentalmente, bem como a ter a cicatrização de lesões e ferimentos agilizada.
 
8 - Apenas profissionais devidamente capacitados podem oferecer o serviço: verdade
 
A drenagem é um tipo de massagem bem específico, e a pessoa que a realiza deve ter pleno conhecimento dos sistemas circulatório, linfático e endócrino. Além da parte teórica, também é essencial ter se submetido a treinamentos práticos.
 
Quando aplicada incorretamente, a drenagem pode trazer sérios prejuízos, desde dores musculares até outros mais sérios, como complicações em períodos pós-operatórios. Por isso, sempre procure pessoas certificadas e comprovadamente experientes.
 
9 - Drenagem linfática dói: mito
 
Quando realizada corretamente, a drenagem é bem relaxante, já que a suavidade é necessária no processo para que o sistema linfático seja estimulado. Certos tipos de massagem podem ser um pouco mais intensos e causar pequenos desconfortos musculares, mas esse não é o caso da drenagem linfática.
 
10 - Drenagens relaxam o corpo e a mente: verdade
 
Elas podem fazer maravilhas caso você esteja se sentindo cansado ou se recuperando de qualquer tipo de doença. Além disso, as drenagens linfáticas são benéficas para esportistas, pacientes cirúrgicos e portadores de doenças como fibromialgia.
 
Isso acontece devido ao fato de que a massagem induz o corpo a um estado de relaxamento, além de ajudar a combater inchaços e a desintoxicar o organismo. Tudo isso contribui para se sentir melhor não apenas física, como também mentalmente.
 
Desfrute do grande poder da drenagem linfática!
 
Existem alguns mitos a respeito dessa técnica, mas a verdade é que ela é muito benéfica para o corpo e para a mente, seja na recuperação de cirurgias plásticas ou mesmo para a eliminação de toxinas do nosso organismo.
 
Se você deseja sentir tudo de bom que ela é capaz de trazer, aproveite a oportunidade e passe por uma sessão de drenagem linfática. Quem quer ir ainda mais além pode se inscrever em cursos online para aprender a técnica a fundo e, assim, oferecer esse tipo de serviço para ajudar outras pessoas e ainda ser bem remunerado!
 

Últimos Registros:







Ver todos os registros




















AS MAIS LIDAS*

1
1
1
1
1
1
1
1
1
1
* Notícias mais acessadas da semana


Twitter @fashionnews_



Encontre-nos

twitter Facebook



Copyright © 2018
Todos os direitos reservados a Fashion News
Webmail - Administração

Fuzzon